Para amar de verdade

para amar de verdadeé preciso antes, amar-senenhum mistério no que escrevojá disse algum poeta em manuscritopara amar de verdadeé preciso localizar o desejoe observá-lo como a um bichoque atravessa a estradana frente do nosso carroe é preciso deixar de ladoo ciúme, o desesperoe dialogar com o apegofazer planos pra si mesmoe somente para sientregar-se aContinuar lendo “Para amar de verdade”