do amor, que nunca é demais

quando chega a sua hora

o mundo estoura a placenta
corporifica um jardim
florido
a vida ganha colorido
diferente
derrete a neve
necessária
e vem a primavera
quente
anunciando o verão
fertilidade
é que de repente
tudo se torna possível
potente
amor é força que move 
de todas as formas
em todas as tribos
o mundo
clichê mais caro
da nossa história
raro
ainda assim
e basta um segundo
pra sua aurora se anunciar
é bem como diz Chico
o amor não tem pressa
ele pode esperar
e quando chega a sua hora
a vida
que é demora
se apressa
em ser inteira
festejar
porque amor é só festa
quando ele vem, só nos resta
aquele se entregar
livres
se não liberta 
amor não é
amor
é o que existe
após a espera
de se tornar
ainda maior
e fazer da vida
correnteza
que carrega vento
vento que sopra
pra fazer voar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: