Poemas de verão

verão é essa festa!

eu peço que seja,
deuses que iluminam
a terra!
que nesse verão
meu sol brilhe
com a intensidade
certa
e que venham os anjos
nus, de corpos dourados
a surfar nas minhas ondas
perfeitas
com calma
a calma que o verão merece
que venham leves
sorridentes
a me entregar presentes
flores com cheiro entorpecente
incensos a lembrar florestas
gozo de estar vivo
e poder ver
que o mundo
aí está, tão belo,
que tudo pode ser
festa!
novamente!
e que tenha água!
água em abundância
para refrescar todos
os corações ardentes
que o verão seja
nossa fonte
de descoberta
do amor
recente
ah, esses garotos dourados
de dorsos molhados
essas peles queimadas de sol
carregando seus instrumentos
de prazer marítimo nas mãos
essa juventude que exalam
até entre os de mais vida na praia
essa alegria de meninos
que se lançam sem medo às ondas
e arriscam suas peles curtidas
sob tábuas de parafinas
feitas para deslizarem plenos de si
como me encantam
esses meninos do Rio
e produzem em mim
uma veraneia emoção
esses garotos-peixes
quando se lançam ao mar
e passam ao meu lado me encarando
me despertam aquela tensão
carregam em suas pranchas
o meu coração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: