Há tantas auroras que ainda não brilharam

acordei tarde
procurando poesia
havia um cheiro ali ao lado
sei lá que lado
talvez todos
que fica a espreita
rondando minhas certezas
acordei tarde
porque é tanto o cansaço
e o amor tem sido uma cidade grande
com parque, arranha céu, cachorro, sinal de trânsito
verde, vermelho, cuidado
siga atento no amarelo

acordei e desejava poesia
para o café da manhã do quase meio dia
– há o silêncio do meio dia,
estranhamente o meu apartamento silencia –
o sol ardia
ainda arde
há calor e talvez nem seja tão tarde
e, quem sabe,
mesmo assim, parecendo tarde
seja, na verdade,
cedo

Autor: Vanessa Rocha

Escritora ensaísta, de ficção e de poesia. Palestrante, pesquisadora e professora. Doutoranda em Ciências da Religião, especialista em Psicologia Analítica, Mestra em Comunicação e Cultura, Produtora Cultural e Artística. Três livros publicados e contando...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: